13) Histórico do Periódico

A Revista Nordestina de História do Brasil (RNHB) teve seu projeto editorial inicial concebido pelo Prof. Drnd. Geferson Santana e Prof. Ms. Edevard Pinto França Junior, em 2018, criando seu domínio na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), considerando que o primeiro ainda era editor-chefe da Revista Eletrônica Discente História.com (REDH) e tinha autonomia para solicitar a criação de websites junto à Assessoria de Comunicação (ASCOM) daquela Instituição de Ensino Superior (IES).

O periódico começou sua publicação em janeiro de 2019, referente ao período de julho a dezembro de 2018. Éramos uma revista recém-criada e precisávamos intensificar a divulgação do período com a ajuda dos professores do Conselho Consultivo, especialmente da Profa. Dra. Maria de Deus Beites Manso, da Universidade de Évora (UE), Portugal, que deu-nos suporte científico para a concretização do primeiro número. A edição foi exitosa. Publicamos artigos de pesquisadores estrangeiros, especialmente dos Estados Unidos, Portugal e Polônia. Ainda somaram à edição artigos de mestres e doutores brasileiros.

Com a ajuda dos editores conseguimos publicar o primeiro número já com a atribuição de Digital Object Identifier (DOI) contratados pela Galoá. Entretanto, em 2021, associamos a revista à Associação Brasileira de Editores Científicos - Brasil (ABEC) e conseguimos nosso prefixo (10.52996) junto à CrossRef, o que permitiu maior agilidade na atribuição e ativação dos códigos DOIs via Open Journal Systems (OJS). A sincronização entre as duas plataformas permite-nos sincronizar automaticamente a publicação com o ORCID iD dos autores, dispensando a necessidade de registros manuais pelos mesmos.

Em 2019, indexamos nosso periódico ao LatinREV, Sumários.Org, Latindex, Diadorim, DOAJ, e, em 2021, fomos indexados ao Catálogo 2.0 do Sistema Latindex. Desde 2020 temos somado esforços para adequar o periódico aos critérios de indexação de outros prestigiados indexadores, como Web of Science (WOS), Scopus e SciELO.

Em 2021, iniciamos um acordo de cooperação científica com a Cátedra Fernão de Magalhães do Instituto Camões (IC), Portugal, coordenada pela Profa. Dra. Daiana Nascimento dos Santos, sediada no Centro de Estudios Avanzados (CEA) da Universidad de Playa Ancha (UPLA), Chile, e com a UPLA. Nesse sentido, esta acordou a possibilidade de indexar o periódico no seu catálogo de revistas, tornando-se, assim, nossa Instituição Editora.

Em 2020, a RNHB aperfeiçoou o seu processo de avaliação das submissões criando o sistema de pré-avaliação destas. Nesta primeira etapa, uma equipe de Revisores de Conteúdo – formada por jovens doutores e doutorandos – trabalham em conjunto para determinar quais textos serão rejeitados ou melhorados antes de sua avaliação duplo-cega pelos membros do CC (assessores ad hoc). Também criamos a equipe de Revisores Técnicos  - formada por mestres e doutorandos – responsável pela adequação dos textos às normas da ABNT e da revista, que são auxiliares da equipe de Revisores de norma cultura (português e língua estrangeira) – formada por mestres e doutores – responsável pela adequação dos artigos às normas cultas nacionais e internacionais, melhorando, assim, problemas de coerência e coesão textual. Reitera-se que os revisores de norma culta são, em sua maioria, profissionais da área de Letras – muitos nativos da língua – ou fluentes na língua que revisam. Estas são etapas importantíssimas para mantermos a qualidade dos textos publicados.